Aqui estão os nossos livros, para começar.
Pode adquiri-los aqui: https://nosnalinha.pt/loja/

 

RAZÕES PARA LER - AS METÁFORAS E O SEU PODER
As histórias metafóricas tocam-nos no consciente e no inconsciente, produzem efeitos a nível emocional. Porquê? Porque trabalham a empatia. Porque estimulam a curiosidade e a criatividade. Porque nos permitem contemplar novas perspetivas. E isso é aprender. É crescer. Precisa de mais razões para ler?

 
 
RAZÕES PARA LER - CONTINUANDO A FALAR DE METÁFORAS
As histórias metafóricas têm um poderoso efeito em nós, tanto a nível emocional como subconsciente. Porquê? Porque se prestam a muitas interpretações, sempre as de que precisamos ao ouvi-las. Porque nos levam a entender o outro e, assim, a entender quem somos. E isso é aprender. É crescer. Precisa de mais razões para ler?
  

Sugestões de Leitura - Grandes Histórias Mãos Pequenas

 

 
RAZÕES PARA ESCREVER
Este livro pretende ser um manual de instruções para aprender a escrever melhor, não um guia para fabricar escritores. Sem a pretensão de, em si mesmo, constituir um fundamento teórico, a obra partilha o processo, as ideias e as justificações que levam a autora a acreditar nos desafios de escrita como metodologia útil à redação mais apurada, à leitura mais competente, ao estímulo à criatividade e ao desbloqueio de emoções. Contém, por inerência, desafios de escrita para quem gosta de escrever e para quem quer desafiar outros a escrever. São explicados os objetivos a atingir, como são criados os desafios e porquê e como os resultados, recolhidos no blogue HISTÓRIAS EM 77 PALAVRAS durante anos, evidenciam que é um bom caminho. À medida que o tempo avança (e os desafios), quem calcorrear este caminho vai ser capaz de mudar a sua voz narrativa, de vestir a pele de personagens estranhas longínquas, de saber esconder o que o leitor pode intuir e interpretar com liberdade. E é um percurso muito divertido.
 

Sugestões de Escrita - Histórias em 77 Palavras

  • Trabalhamos  
  • Escrita
  • Leitura
  • Audição interior
  • Atenção
  • Metacognição

Recuperamos o prazer na escrita através de desafios e da partilha de ferramentas para construção e edição de textos

 

O prazer na escrita

Utilizamos desafios de desbloqueio para levar os alunos a entrar em modo de jogo ― uma forma descontraída de conseguir elevados níveis de concentração, motivação e prazer. Fomentamos ainda o trabalho de edição do texto, estimulando a curiosidade em observar, para lá daquilo que se conta num livro, a forma como o autor o escreveu.

 

Fomentamos uma prática leitora constante num formato descontraído e informal

 

Um novo olhar sobre a leitura:

O monitor conta ou lê, de forma cativante, textos da tradição oral ou de livros de autores. A audição de histórias, contadas pelo monitor ou lidas por este para toda a turma, permite que se criem hábitos de audição atenta, aumentando a curiosidade pela leitura silenciosa.

Usamos a audição interior para trabalhar a entoação e reverter os casos de insucesso na leitura

 

Da música para a leitura:

Para melhorar a fluidez da leitura e a compreensão do texto, estimulamos o desenvolvimento da audição interior de frases e textos, num trabalho que envolve também a memória e a emoção. Este trabalho é especialmente importante nas fases pré-leitoras, e nos casos de insucesso na leitura.

Treinamos a atenção e exercitamos a coerência entre o corpo e a mente para otimizar o rendimento e a autorregulação emocional

 

Descontração/Atenção e emoção: 

Utilizamos exercícios feitos de forma sistemática e descontraída para treinar a atenção, para a desfocar e voltar a focar. Estas estratégias podem ajudar na aprendizagem, na memorização do apreendido e na interligação entre conhecimentos.

Fomentamos ainda a coerência entre o corpo e mente e trabalhamos a inteligência emocional no sentido de promover a autorregulação e a resiliência.

Transformamos a aprendizagem através do desenvolvimento da consciência dos mecanismos que cada um utiliza para produzir, compreender, e aprender

 

Pensar sobre o pensamento:

Trabalhamos a metacognição dos processos de memorização e aprendizagem, para que cada aluno possa intervir na sua própria evolução. Incentivamos a observação e aplicação de diferentes formas de aprendizagem, promovendo a autonomia e a motivação intrínseca.